Compartilhar:

Frequentemente, a brincadeira de luta entre as crianças pequenas inquietam pais e educadores: por um lado, essas brincadeiras causam machucados físicos e, por outro, são vistas como desencadeadoras de comportamentos violentos ou agressivos, que podem prejudicar o desenvolvimento das crianças.

Por outro lado, pesquisas mais recentes demonstram que as brincadeiras de luta são, na verdade, uma fonte de aprendizado para as crianças pequenas e contribuem, entre outras coisas, para:

  • a diminuição de comportamentos agressivos reais;

  • desenvolver o autocontrole (controlar sua força física e sua impulsividade)

  • distinguir os comportamentos aceitáveis e não aceitáveis 

  • ensinar a respeitar as regras.