Compartilhar:

O melhor meio de prevenir a obesidade infantil é começar a fazer isso antes do nascimento e levar em conta as condições genéticas e pré-natais das crianças.

Os profissionais da saúde podem: 

  • oferecer ajuda às mulheres com excesso de peso antes e durante a gravidez, para que elas mudem sua alimentação e seu estilo de vida. Isso poderia reduzir os riscos de obesidade e de diabetes no útero:
  • controlar o aumento de peso das mulheres grávidas e dos bebês, em especial junto àqueles que têm condições genéticas que os tornam mais vulneráveis à obesidade; 
  • informar os novos pais sobre a forma de promover hábitos saudáveis alimentares e de sono junto aos seus filhos.

Os pais podem encorajar e servir de exemplo no que se refere aos bons hábitos alimentares e à atividade física. Eles podem, em especial, limitar o tempo que seu filho passa diante de uma tela e seu acesso a alimentos muito calóricos. Além disso, as escolas podem conceder mais tempo aos jogos físicos ativos. 

Todas as estratégias relativas à obesidade deveriam ter como eixo a melhoria da saúde, ao invés da perda de peso.