Compartilhar:

Todos os bebês com peso abaixo de 2 500 gramas ao nascer ou que tiverem nascido com menos de 37 semanas de gravidez, são considerados crianças imaturas ou prematuras.  Eles correm mais risco de sofrer alguns problemas de saúde e de desenvolvimento, incluindo:

  • problemas de neurodesenvolvimento (por exemplo, paralisia cerebral e atraso cognitivo);
  • uma má formação congênita, deficiências auditivas e visuais, distúrbio respiratório reacional ou atraso no crescimento.

Os bebês e as crianças pequenas: 

  • têm mais problemas de temperamento (por exemplo, são mais difíceis de acalmar, mais passivas e menos sociáveis).

Idade pré-escolar e primeiros anos escolares:

  • um aumento da atividade e da intensidade, assim como uma falta de perseverança que pode levar a um atraso ou a problemas de autocontrole.
  • diversos problemas emocionais e comportamentais, como distúrbios de ansiedade, timidez excessiva e retraimento, problemas sociais, atitudes de adaptação inadequadas e, em especial, um problema de falta de atenção.

Felizmente, existem maneiras promissoras de atenuação de alguns desses riscos entre os bebês prematuros.