Compartilhar:

Os visitadores qualificados que visitam as famílias com crianças pequenas podem alcançar aqueles que, muito possivelmente, não procurariam ajuda de outra forma.

A intimidade que a visita domiciliar permite pode deixar os pais mais à vontade e fazer com eles se abram, facilitando a identificação de suas necessidades. Essas visitas também ajudam os visitadores a adaptar melhor seus serviços e conselhos em função da necessidade de cada família. 

Ao observar a família em sua casa, os visitadores domiciliares podem tomar como base essa observação para elaborar ações. Eles também podem identificar os fatores de risco para o crescimento e o desenvolvimento das crianças, como a depressão materna, más práticas parentais ou falta de suporte.

Diversos pais podem se sentir isolados, as visitas domiciliares de um visitador qualificado podem, portanto, constituir um intermediário precioso entre eles e a comunidade externa e os serviços disponíveis.