Compartilhar:

As crianças que crescem em um ambiente de baixa renda podem ser mais propensas a experimentar problemas psicossociais ou comportamentais. 

As visitas domiciliares representam uma maneira de oferecer serviços às famílias de baixa renda. Combinadas aos serviços de creche, as visitas domiciliares têm se demonstrado eficazes na redução dos problemas comportamentais das crianças.

Os programas de suplementos alimentares para as mulheres grávidas e os programas de subsídios habitacionais podem igualmente ter repercussões positivas no ambiente e no desenvolvimento das crianças. 

Primeiramente, é importante garantir que as famílias que têm necessidade de serviços, busquem esses serviços. Para as famílias, trata-se, antes de tudo, de suplantar as percepções negativas que elas possam ter sobre os serviços de assistência social e de informá-las sobre o desenvolvimento das crianças a fim que elas saibam quando solicitar ajuda.