Compartilhar:

A prevenção é o segredo para exterminar o abuso das crianças. Alguns programas se apresentam como capazes de prevenir o abuso, mas eles ainda não foram avaliados. Entretanto, foi demonstrado que as estratégias abaixo são especialmente eficazes para abordar a problemática: 

  1. Programas de prevenção primária (antes de ocorrer o abuso) eles abrangem dois programas específicos de visitas domiciliares que demonstraram sua eficácia: o Nurse-Family Partnership (NFP) e o Early Start. Há outros programas igualmente promissores, como o Triple P e os programas de sensibilização em ambiente hospitalar, para evitar os traumatismos cranianos e melhorar os cuidados pediátricos. 
  2. Programas de prevenção da recorrência: eles ajudam os pais que maltrataram seus filhos a evitar que o façam novamente (por exemplo, a Parent-Child Interactive Therapy,  que demonstrou ser  eficaz para reduzir a recorrência da violência física). 
  3. Programas de prevenção de sequelas: eles ajudam as vítimas de violência (por exemplo, terapia cognitiva-comportamental). Eficácia para ajudar as crianças vítimas de agressão sexual que apresentam sintomas de distúrbio de estresse pós-traumático. 

Considerando o impacto enorme da violência sobre o desenvolvimento de uma criança, é fundamental encontrar meios de prevenir o abuso antes que ele ocorra.