Compartilhar:

As competências no aprendizado dos números emergem ao longo da infância e dos anos pré-escolares, quando as crianças são expostas a diferentes relações quantitativas e espaciais em suas atividades cotidianas. 

  • Aos 6 meses, os bebês podem, geralmente, detectar a diferença entre os conjuntos de objetos de quantidades variadas (por exemplo, um recipiente com dois cubos e um recipiente com três cubos) e eles podem até fazer essa distinção entre grupos mais numerosos de objetos, se a proporção entre os dois conjuntos for suficientemente grande (por exemplo, entre 16 e 32). 
  • As crianças pequenas assimilam gradualmente o nome dos números ao desenvolver sua linguagem. Desde a idade de 3 anos, inúmeras crianças já memorizaram os números de 1 a 10 e começam a contar grupos pequenos de objeto com sucesso. 
  • Por volta dos 6 anos, as crianças aprendem a contar os números de cada dezena (ou seja, de 10 a 19, de 20 a 29, etc.), entendem o significado dos números, aprendem a contar conjuntos de objetos cada vez maiores, entendem que o último número contado corresponde ao número de objetos de um conjunto e compreendem como adicionar e subtrair. 

Muitas crianças em idade escolar têm problemas em aprender os conceitos e as competências matemáticas. Entender o desenvolvimento precoce do aprendizado dos números pode fornecer às educadoras da creche e aos professores as ferramentas necessárias para cultivar o raciocínio matemático.